Você está em: esporte/
  • Osvaldo Cruz perde quatro pontos na Segundona por escalação irregular

  • O Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo (TJD-SP) puniu o Osvaldo Cruz com a perda de quatro pontos, durante julgamento na capital paulista, na noite desta segunda-feira (24), com ata publicada nesta terça (25). O TJD-SP entendeu que o Azulão escalou jogador de forma irregular na partida contra o Presidente Prudente Futebol Clube (PPFC), na estreia do Campeonato Paulista da Segunda Divisão – quarto patamar estadual –, no último dia 8, que terminou em 1 a 1, no Estádio Prudentão.
    Além da perda de três pontos por conta da punição e a não contagem do ponto conquistado pelo empate, o Tribunal aplicou multa de R$ 400. O clube foi incluído no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê o seguinte: "Incluir na equipe ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta que não tenha condição legal de participar de partida, prova ou equivalente".
    Segundo a assessoria do Osvaldo Cruz, o zagueiro Mateus Silva e o volante Rangel atuaram na partida diante do PPFC com contratos de atletas amadores, porém, como eles têm 20 anos ou mais, são obrigados a entrarem em campo com contratos de profissionais.
    Com a punição, o Osvaldo Cruz deixa de ter dois pontos no Grupo 1 e aparece agora com -2, a quatro da última equipe dentro da zona de classificação. A colocação osvaldo-cruzense também muda: de quinto lugar para sétimo (lanterna). Porém, até o fechamento desta nota, na classificação da Segundona que consta no site da Federação Paulista de Futebol, o clube seguia com os dois pontos obtidos no empate de 1 a 1 contra o PPFC e contra o América-SP, este último, respectivamente, no sábado (22).
    Outro lado
    Em nota, a assessoria do Osvaldo Cruz informou que o clube "já tomou conhecimento do julgamento realizado e que agora irá analisar, juntamente com o Departamento Jurídico, quais medidas serão tomadas e se irá recorrer, ou não, da decisão".
    Explicou também que o clube "assim que tomou conhecimento do problema na documentação dos atletas Mateus Silva e Rangel, rapidamente a situação dos mesmos foi regularizada e, desde a semana passada, os nomes dos dois jogadores constam no Boletim Informativo Diário (BID) da FPF com os contratos atualizados".











    Fonte:G1