Você está em: esporte/
  • Adamantina lança projeto esportivo para tirar jovens da rua neste domingo

  • Com objetivo de mudar a vida de crianças e adolescentes entre 6 a 17 anos, a Prefeitura de Adamantina, por meio da Selar (Secretaria de Esporte, Lazer e Recreação), implantará o Projeto Universidade de Futebol. Mais que difundir a modalidade esportiva mais tradicional do país, o objetivo é a formação do cidadão e a preocupação em tirar crianças e jovens das ruas.
    O projeto, que será desenvolvido pelos atletas consagrados do futebol nacional Adriano e Juliano Gerlin, já existe em Dracena e Pacaembu, atendendo mais de 400 crianças e adolescentes. Em Adamantina, a previsão é beneficiar até 200 crianças em parceria com o programa PROEDUC Suricates, da UniFAI (Centro Universitário de Adamantina).
    A proposta atua com atividades que viabilizam condições para que as crianças, adolescentes e jovens possam desenvolver adequadamente suas habilidades e coordenação psicomotoras, reparar os alunos/atletas para um desenvolvimento corporal harmônico, desenvolve o espírito de solidariedade humana e da consciência de bem-estar comum, equilíbrio emocional e saúde mental, além da melhora das qualidades físicas básicas: coordenação, força, resistência, velocidade e flexibilidade.

    A meta do Projeto Universidade de Futebol, segundo Adriano Gerlin, é atender crianças e adolescentes de diversos bairros da cidade, desde que estejam matriculados e frequentando a rede de ensino pública ou particular de Adamantina. “O programa tem como objetivo difundir a modalidade e tirar das ruas grande parte destes jovens carentes, de forma gratuita, levando em consideração que poderemos “atingir” centenas deles, induzindo-os à praticarem o futebol que é uma paixão nacional, além de contribuir na formação do jovens atletas na sociedade”, enfatiza.
    O lançamento do programa, autorizado pelo prefeito Márcio Cardim (DEM), será neste domingo (6), às 9h, no Campus IV da UniFAI (Acrea).








    Fonte:Grupo Impacto