Você está em: esporte/
  • Ministério Público do Trabalho,arquiva investigação sobre formação de atletas em Osvaldo Cruz

  • OSVALDO CRUZ - O Ministério Público do Trabalho (MPT) de Presidente, através da procuradora Renata Aparecida Crema Bastos, decidiu pelo arquivamento da investigação iniciada em março deste ano sobre formação de atletas no Osvaldo Cruz Futebol Clube (OCFC).
    As investigações começaram após denúncias do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo (SAPESP), que apontava, em diversos clubes do Estado, incluindo o OCFC, irregularidades quanto ao registro de seus atletas, pagamento salarial (e encargos), bem como fornecimento de alimentação.
    Desde o início, a diretoria do Osvaldo Cruz forneceu todos os documentos necessários e se colocou à disposição do MPT para os devidos esclarecimentos.
    “No prazo concedido, o Clube investigado informou que não havia nenhum funcionário vinculado ao clube (em fevereiro e março/2016), motivo pelo qual não juntou as fichas de registro. Pelo mesmo motivo, não anexou contracheques e comprovantes de pagamento. Esclareceu que o clube está vinculado à Federação Paulista de Futebol e faz parte do Sindicato dos Clubes de futebol do Estado de SP, ao passo que os atletas estão vinculados ao Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de SP. Também ficou esclarecido que a Prefeitura Municipal cede os espaços (alojamentos, refeitórios e estádios) para que o clube dispute competições oficiais, organizadas e dirigidas pela mencionada Federação. Foram juntadas petições, exemplificativos do campeonato e a CCT firmada em 2014. Deliberou-se, então, que seria melhor aguardar o resultado da ação fiscal requisitada à GRT”, apontou a procuradora Renata Aparecida Crema Bastos.











    Fonte:Grande Área