Você está em: esporte/
  • Tietado,time sub-16 Chapecoense atrai cerca de 3 mil pessoas no interior de SP

  • Se,após a tragédia aérea em novembro de 2016, a Chapecoense tem se tornado o segundo time do coração de todos por onde passa, a sua estadia no Oeste Paulista não poderia ser diferente. A equipe sub-16 da Chape está em Rancharia, onde disputa pela primeira vez a Copa Mercosul Ecoturística, realizada do último dia 12 até esta sexta-feira (19). E como forma de acolhimento e apoio, o torcedor ranchariense tem marcado presença nos jogos. Segundo a organização, o maior público registrado foi de cerca de 3 mil pessoas, o que significa 10% da população da cidade.
    – Como acontece por onde temos passado, fomos muito bem recebidos, acolhidos pelo torcedor de Rancharia. E isso, sem dúvida, é muito bom. A Chape se tornou, no mínimo, o segundo time de todos. E, por isso, é como conversamos com os garotos, precisamos ter uma postura que respeite e zele por esse apoio – disse o treinador do time, José Roberto Zacarias, o Zé Roberto.
    Zé Roberto está na equipe há cerca de sete meses, após passagem pela equipe sub-18 do Londrina, em parceria com o futebol chinês. Diante desta experiência nos trabalhos com o futebol de base, o comandante dos garotos da Chape avalia a importância da participação e do apoio recebido dentro de um processo de reconstrução.
    – Além da face social feita pelo trabalho, temos também outras importâncias. O ano passado já foi de superação, em que a equipe profissional se saiu muito bem, conquistando até uma situação de Libertadores. E estamos aqui apresentando e dando sequência a um trabalho de base feito pelo clube que, há alguns anos, já dá resultados.
    Casa cheia
    O secretário de Esportes de Rancharia, Igor Cardeal, afirma que alguns horários dos jogos dos visitantes catarinenses foram adequados a pedido dos torcedores da cidade.
    Muita gente queria ver a Chape, e, se os jogos fossem marcados apenas para as manhãs ou tardes, dificultaria para muita gente. Ter um público de cerca de 3 mil pessoas é uma forma também de homenagear o time.
    Na manhã desta quinta-feira (18), o time de Zé Roberto venceu a Aefa, de Araçatuba, por 3 a 1, e avançou às semifinais da categoria sub-16. Já nesta sexta (19), o duelo será contra a Ranchariense, valendo vaga para a final.
    O torneio
    A Copa Mercosul está na nona edição e reúne anualmente equipes do Brasil e de países vizinhos, como Chile e Paraguai, que enviaram alguns representantes neste ano. As disputas são realizadas da categoria sub-11 à sub-18. Em 2018, 40 equipes marcaram presença, observadas de perto por sete olheiros de grandes equipes do país e do exterior.











    Fonte:Globoesporte.com