Você está em: mundo/
  • Piloto araçatubense é detido na Bolívia

  • As forças antidrogas da Bolívia abriram investigação para apurar possíveis nexos do piloto araçatubense Fabrício Paterlini Conti, de 32 anos, que aterrissou ontem na cidade de Chihuahua, alegando problemas técnicos na aeronave, com o narcotráfico.
    De acordo com o ministro de governo da Bolívia, Carlos Romero, Fabricio, que hoje reside em Campo Grande (MS), entrou em uma série de contradições ao ser interrogado por autoridades daquele país, motivo pelo qual foi detido e está a disposição do Ministério Público Boliviano por entrada ilegal no país.
    Foi constatado que o piloto estava sem rota de voo, o que torna a movimentação da aeronave clandestina.
    Ao averiguarem o GPS da aeronave, os policiais descobriram que o veículo havia estado antes no Paraguai, na região da fronteira.
    Ao utilizarem a técnica de "micro-aspiração" no interior, foram encontrados resíduos de cocaína.
    Autoridades bolivianas e brasileiras trocam informações sobre o caso. Enquanto isso, Fabrício Conte será apresentado a um juiz cautelar da Bolívia.







    Fonte:Folha da região