Você está em: oeste-paulista/
  • Região vacina quase 100% do rebanho

  • A campanha de vacinação contra a febre aftosa em novembro, voltada para bovídeos (bovinose bubalinos), imunizou 99,98% cabeças de gado de todas as faixas etárias em 16 cidades da região, vinculadas ao Escritório da Defesa Agropecuária (EDA) de Dracena.
    Segundo o médico-veterinário do EDA, Marcelo Kenji Yoshida, o índice do rebanho vacinado corresponde a 367.146 cabeças de gado na região, de Mariápolis a Panorama.
    Não foram vacinados ou deixaram de apresentar a declaração obrigatória após a campanha, 68 cabeças de nove propriedades. A região de abrangência do EDA de Dracena possui, conforme Yoshida, 4.143 propriedades rurais.
    ESTADO- No Estado de São Paulo, conforme a Secretaria de Agricultura, a campanha em novembro registrou99,42% de bovídeosvacinados na segunda etapa da campanha, em novembro. O índice anterior, registrado em novembro de 2016, foi 99,36%.
    Durante a etapa foram vacinados 11.072.122 bovídeos. As 64.166 cabeças que não tiveram sua vacinação informada estão distribuídos em 3.045 propriedades rurais, que estão sendo notificadas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria. A vacinação contra a febre aftosa é obrigatória e deixar de vacinar ou de comunicar a vacinação sujeita o proprietário a multas.
    MAIO- Em maio quando será realizada a primeira etapa da campanha em 2018, a vacina passa a ser obrigatória para os bovídeos de todas as faixas etárias. Até o ano passado, a vacinação em maio era obrigatória somente para animais até os 24 meses de idade.














    Fonte:Portal Regional