Você está em: oeste-paulista/
  • Procon de Osvaldo Cruz confirma golpe do seguro em aposentados e pensionistas

  • OSVALDO CRUZ - Os números ainda não estão fechados, mas técnicos do Procon de Osvaldo Cruz acreditam que podem chegar a 400 o número de aponsentados e pensionistas da cidade lesados pelo chamado Golpe do Seguro. Pelo menos 300 casos já foram registrados no órgão local e o número não para de crescer.
    Protegidas pela baixa capacidade de fiscalização do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), instituições financeiras fazem novas vítimas a cada dia. Aposentados estão sofrendo descontos mensais não autorizados que surgem nos seus contracheques a título de seguros que jamais contrataram.
    Duas das principais beneficiárias dos abatimentos nos vencimentos são o Grupo Sabemi, banco com sede em Porto Alegre que atua no ramo de seguros e empréstimos consignados por cobranças indevidas.
    Como é o golpe?
    Parcela dos produtos supostamente contratados por aposentados é fraudada a partir da falsificação da assinatura deles. No ramo, o golpe é chamado de "piloto automático", cujo mecanismo consiste em usar documentações de arquivos para inserir a cobrança do seguro na conta das pessoas sem que elas saibam.
    "O que mais impressiona é que se você olhar o documento que o Grupo Sabemi e outros prestadores do mesmo segmento apresentam a assinatura do aposentado é idêntica, mas quase sempre temos conseguido a devolução das cobranças em dobro", disse o encarregado pelo Procon em Osvaldo Cruz, Adenilson Aparecido Barbosa.
    Há casos em que os idosos demoram a perceber a retenção mensal do valor e, quando isso ocorre, são orientados a telefonar para unidades de call center. Enquanto isso, agenciadores, representantes e empresas acumulam recursos. De janeiro de 2017 a abril de 2019, a Sabemi Seguradora arrecadou R$ 565,5 milhões em "prêmio direto". No seu site, a companhia informa ter cerca de 900 mil clientes.
    Recomendação
    O Procon de Osvaldo Cruz recomenda que os aposentados e pensionistas observem através de extratos bancários mensais quais são os lançamentos e descontos que ocorrem em seus rendimentos mensais. "Alguns vão até o banco, sacam diretamente o que pensam ter direito e a conta fica no vermelho mês a mês, o que aumenta o endividamento", diz Adenilson Barbosa.
    Quem for lesado pelo Golpe do Seguro nas Aposentadorias deve procurar o Procon local, que funciona na Praça Hermínio Elorza, 448, no Centro (prédio do Antigo Fórum). Atendendo das 9h às 12h e das 13h30 às 14h, o telefone para contato é o (18) 3528-9507.














    Fonte:ocnet